Receitas tradicionais

O prato do dia-a-dia: o McDonald's está tomando medidas em direção ao café de origem sustentável

O prato do dia-a-dia: o McDonald's está tomando medidas em direção ao café de origem sustentável

McDonald’s está tomando medidas em direção ao café de fontes sustentáveis

Seguindo suas promessas de usar ovos sem gaiola e remover ingredientes artificiais de alguns de seus itens de menu, McDonald’s agora mudou seu foco para o café, anunciando planos para obter todo o seu java de fontes sustentáveis em 2020, Bloomberg relatado. Rede de fast-food está trabalhando nesta iniciativa com grupo ambientalista Conservation International, a organização responsável por ajudar Starbucks desenvolver práticas de sourcing sustentáveis. “Ter uma grande marca como o McDonald's dando um passo muito visível definitivamente levará restaurantes e marcas de marcas de varejo a se juntarem ao desafio do café sustentável”, disse Peter Seligmann, CEO da Conservation International.

Lady Gaga estará promovendo seu novo álbum em Dive Bars

Lady Gaga é indo para bares de mergulho para promover seu novo álbum "Joanne." O álbum “tem suas raízes em seus primeiros dias e‘ a música que iluminou meu coração quando comecei a escrever ’e a cantar em pequenos locais,” A Associated Press relatado. Trabalhando com seu parceiro de turnê Bud Light, Gaga está programada para se apresentar em três bares de mergulho diferentes em três cidades. Gaga revelada em Instagram que ela estará visitando Nashville para a primeira parada do passeio. O público compreenderá os vencedores do concurso, e a Bud Light transmitirá cada apresentação ao vivo em seu Facebook página para aqueles que não podem comparecer.

Como os investidores - ou a falta deles - podem ser a chave para eliminar a agricultura industrial

Agricultura industrial, que rende 99 por cento de toda a carne no Estados Unidos e mais de 70 por cento de toda a carne do mundo, pode finalmente encontrar sua morte como investidores estão cada vez mais cautelosos com este tipo de agricultura. “Nada forçará as empresas a mudar mais rapidamente do que o risco de seu apoio financeiro ser retirado de seu poder”, disse Leah Garcés, diretora da Compassion in World Farming (CIWF). FoodNavigator. A agricultura industrial levanta uma série de questões éticas e existem muitos aspectos negativos associados à prática que têm impactos ambientais e sociais. “A pecuária global é responsável por mais emissão de gases de efeito estufa do que o setor de transporte ”, disse Alan Briefel, diretor executivo da iniciativa FAIRR (Farm Animal Investment Risk and Return). “Do ponto de vista do investimento, isso deixa o setor de agricultura industrial criticamente exposto a uma potencial nova legislação climática à medida que fazemos a transição para uma economia de baixo carbono.”

Rede de sushi pede desculpas por colocar wasabi extra na comida de estrangeiros

Rede de restaurantes de sushi sediada em Osaka, Japão, está em maus lençóis depois de admitir o que os críticos estão chamando “Terrorismo wasabi”. Trabalhadores da rede, Ichibazushi, admitiram colocar porções generosas de wasabi na comida de estrangeiros desavisados, embora neguem que tenha sido uma discriminação aberta. "Como muitos de nossos clientes no exterior frequentemente pedem quantidades extras de gengibre em conserva e wasabi, demos mais a eles sem verificar primeiro", disse o operador da rede Channel News Asia. "O resultado foi desagradável para alguns convidados que não são fãs de wasabi." A proeza se tornou viral quando os clientes começaram a postar fotos de seus alimentos excessivamente condimentados nas redes sociais. Ichibazushi afirma estar investigando as acusações de discriminação racial.

Cliente vence processo contra Domino’s por falta de pizza

Uma pizza perdida é um aborrecimento, mas não tão grande que a maioria das pessoas estaria disposta a ir ao tribunal por causa dela. 1 australiano homem fez, no entanto, e esta semana ele foi premiado com $ 1.200 após processando a Domino's por uma pizza que nunca apareceu. De acordo com 9 Notícias, no ano passado, o advogado de acidentes pessoais e compensação do trabalhador, Tim Driscoll, fez um pedido de entrega de pizza que nunca chegou. Driscoll supostamente ligou para o restaurante depois de uma hora, e o gerente se desculpou pelo atraso e ofereceu a ele um reembolso de $ 37,35. Mas então o reembolso nunca veio também. Driscoll disse que depois de um ano tentando obter seu reembolso, ele finalmente ficou irritado o suficiente para levar a questão ao tribunal. Domino's supostamente não apareceu, e o juiz determinou que a rede teve que pagar $ 1.203 para cobrir o custo da ordem de entrega perdida e as taxas legais de Driscoll. A Domino’s está supostamente considerando apelar da decisão.


Fabricado em Milwaukee: Cargill Cocoa & Chocolate

Se você comprou os blocos de revestimento para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um produto da Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

Made in Milwaukee é uma nova série sobre as empresas que vendem para o mundo, mas que vivem em Milwaukee. Apresentado pela House of Harley-Davidson, o revendedor Harley de propriedade local de Milwaukee, estamos destacando essas empresas icônicas e ndash suas histórias e seus futuros.

Ano fundado: 2015
Número de empregados: 300
Localização: 12500 W. Carmen Ave.

Se você comprou os blocos de cobertura de chocolate para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um dos produtos produzidos na Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

E é muito provável que o produto tenha sido feito aqui mesmo em Milwaukee, junto com inúmeros outros chocolates e produtos de confeitaria e ndash, incluindo coberturas de chocolate, lascas de chocolate, coberturas de sorvete e inclusões e ndash usadas por uma variedade de marcas.

"Se você se lembra da linha de publicidade dos anos 80 ostentando & lsquoIntel & rsquo", observa Wyatt Elder Jr., diretor de pesquisa e desenvolvimento da Cargill Cocoa & amp Chocolate América do Norte "Isso descreve, em grande parte, o que produzimos. O nome Cargill pode não ser familiar, mas nossos produtos são encontrados dentro (ou fora) de muitos produtos no mercado hoje & mdashin mercearias, padarias e restaurantes. "

A Cargill Cocoa & amp Chocolate é apenas uma das muitas empresas da Cargill Inc., uma marca global com sede em Minneapolis, fundada em 1865 quando William Wallace (W. W.) Cargill se tornou proprietário de um depósito de grãos em Conover, Iowa. Hoje, a Cargill fornece produtos e serviços alimentares, agrícolas, financeiros e industriais, empregando 150.000 funcionários em 70 países.

Nos últimos 50 anos, a empresa Cargill & rsquos chocolate construiu seu negócio fabricando cacau e produtos de chocolate para fabricantes de chocolate, confeitaria e alimentos em todo o mundo & ndash produzindo cacau em pó, manteiga de cacau e licor de cacau, bem como chocolate, revestimentos e recheios para aplicações industriais .

Além de sua fábrica em Milwaukee & ndash, que efetivamente funciona como sede operacional da América do Norte & rsquos & ndash, a Cargill Cocoa & amp Chocolate mantém três fábricas na Pensilvânia e duas em Ontário, Canadá. Essas fábricas produzem produtos sob marcas como Ambrosia, Gerkens Cocoa Powder, Merckens, Peter & rsquos Chocolate e Wilbur. As fábricas internacionais incluem localizações na Bélgica, Brasil, Canadá, Costa do Marfim, França, Alemanha, Gana, Indonésia, Holanda e Reino Unido.

A fábrica de Milwaukee é uma parte relativamente nova dos negócios de chocolate da Cargill. Na verdade, foi estabelecido em 2015, quando a Cargill adquiriu as operações globais de chocolate da Archer Daniels Midland Co. - incluindo a fábrica de chocolate Ambrosia Chocolate Co. na Avenida Carmen - por US $ 440 milhões.

Não foi a primeira vez que a empresa de chocolate com sede em Milwaukee mudou de mãos. Fundada em 1894 por Otto Schoenleber, Ambrosia foi comprada em 1964 por W.R. Grace, e por anos Ambrosia operou em um local no centro que agora é um estacionamento a noroeste do Bradley Center. Na verdade, é provável que muitos milwaukeianos de longa data se lembrem de uma época em que o cheiro do doce chocolate Ambrosia soprava no centro da cidade durante as horas normais de produção. Em 1997, a ADM comprou a empresa, transferindo a produção de chocolate para a Avenida Carmen em 1992.

Entre as fábricas da Cargill & rsquos na América do Norte, o local de Milwaukee é a casa de trabalho, produzindo milhões de libras de chocolate por mês, de tanques de chocolate líquido a sacos de 10 onças de gotas de chocolate. A fábrica de Milwaukee não é apenas uma fábrica. It & rsquos também a sede operacional na América do Norte, lar da equipe de planejamento e cadeia de suprimentos da Cargill Cocoa & amp Chocolate & rsquos, equipe de pesquisa e desenvolvimento, transporte e logística, atendimento ao cliente e alguns funcionários de vendas regionais.

"Somos a única fábrica na América do Norte que pode produzir de tudo", observa Stacy Robinson, gerente de instalação da fábrica de Milwaukee. "E somos um burro de carga, com base tanto no grande volume que produzimos quanto na diversidade de produtos que podemos criar."

A fábrica de Milwaukee emprega 300 trabalhadores em uma variedade de funções na refinaria de cacau, moldagem e piso de embalagem, junto com os laboratórios de análises e testes microbiológicos no local e o laboratório de desenvolvimento de produtos. Também existe uma equipa presencial que trata estritamente de segurança alimentar, qualidade e regulamentação.


Fabricado em Milwaukee: Cargill Cocoa & Chocolate

Se você comprou os blocos de revestimento para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um produto da Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

Made in Milwaukee é uma nova série sobre as empresas que vendem para o mundo, mas que vivem em Milwaukee. Apresentado pela House of Harley-Davidson, o revendedor Harley de propriedade local de Milwaukee, estamos destacando essas empresas icônicas e ndash suas histórias e seus futuros.

Ano fundado: 2015
Número de empregados: 300
Localização: 12500 W. Carmen Ave.

Se você comprou os blocos de cobertura de chocolate para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um dos produtos produzidos na Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

E é muito provável que o produto tenha sido feito aqui mesmo em Milwaukee, junto com inúmeros outros chocolates e produtos de confeitaria e ndash, incluindo coberturas de chocolate, lascas de chocolate, coberturas de sorvete e inclusões e ndash usadas por uma variedade de marcas.

"Se você se lembra da linha de publicidade dos anos 80 ostentando & lsquoIntel & rsquo", observa Wyatt Elder Jr., diretor de pesquisa e desenvolvimento da Cargill Cocoa & amp Chocolate América do Norte "Isso descreve, em grande parte, o que produzimos. O nome Cargill pode não ser familiar, mas nossos produtos são encontrados dentro (ou fora) de muitos produtos no mercado hoje & mdashin mercearias, padarias e restaurantes. "

A Cargill Cocoa & amp Chocolate é apenas uma das muitas empresas da Cargill Inc., uma marca global com sede em Minneapolis, fundada em 1865 quando William Wallace (W. W.) Cargill se tornou proprietário de um depósito de grãos em Conover, Iowa. Hoje, a Cargill fornece produtos e serviços alimentares, agrícolas, financeiros e industriais, empregando 150.000 funcionários em 70 países.

Nos últimos 50 anos, a empresa Cargill & rsquos chocolate construiu seu negócio fabricando cacau e produtos de chocolate para fabricantes de chocolate, confeitaria e alimentos em todo o mundo & ndash produzindo cacau em pó, manteiga de cacau e licor de cacau, bem como chocolate, revestimentos e recheios para aplicações industriais .

Além de sua fábrica em Milwaukee & ndash, que efetivamente funciona como sede operacional da América do Norte & rsquos & ndash, a Cargill Cocoa & amp Chocolate mantém três fábricas na Pensilvânia e duas em Ontário, Canadá. Essas fábricas produzem produtos sob marcas como Ambrosia, Gerkens Cocoa Powder, Merckens, Peter & rsquos Chocolate e Wilbur. As fábricas internacionais incluem localizações na Bélgica, Brasil, Canadá, Costa do Marfim, França, Alemanha, Gana, Indonésia, Holanda e Reino Unido.

A fábrica de Milwaukee é uma parte relativamente nova dos negócios de chocolate da Cargill. Na verdade, foi estabelecido em 2015, quando a Cargill adquiriu as operações globais de chocolate da Archer Daniels Midland Co. - incluindo a fábrica de chocolate Ambrosia Chocolate Co. na Avenida Carmen - por US $ 440 milhões.

Não foi a primeira vez que a empresa de chocolate com sede em Milwaukee mudou de mãos. Fundada em 1894 por Otto Schoenleber, Ambrosia foi comprada em 1964 por W.R. Grace, e por anos Ambrosia operou em um local no centro que agora é um estacionamento a noroeste do Bradley Center. Na verdade, é provável que muitos milwaukeianos de longa data se lembrem de uma época em que o cheiro do doce chocolate Ambrosia soprava no centro da cidade durante as horas normais de produção. Em 1997, a ADM comprou a empresa, transferindo a produção de chocolate para a Avenida Carmen em 1992.

Entre as fábricas da Cargill & rsquos na América do Norte, o local de Milwaukee é a casa de trabalho, produzindo milhões de libras de chocolate por mês, de tanques de chocolate líquido a sacos de 10 onças de gotas de chocolate. A fábrica de Milwaukee não é apenas uma fábrica. It & rsquos também a sede operacional na América do Norte, lar da equipe de planejamento e cadeia de suprimentos da Cargill Cocoa & amp Chocolate & rsquos, equipe de pesquisa e desenvolvimento, transporte e logística, atendimento ao cliente e alguns funcionários de vendas regionais.

"Somos a única fábrica na América do Norte que pode produzir de tudo", observa Stacy Robinson, gerente de instalação da fábrica de Milwaukee. "E somos um burro de carga, com base tanto no grande volume que produzimos quanto na diversidade de produtos que podemos criar."

A fábrica de Milwaukee emprega 300 trabalhadores em uma variedade de funções na refinaria de cacau, moldagem e piso de embalagem, junto com os laboratórios de análises e testes microbiológicos no local e o laboratório de desenvolvimento de produtos. Também existe uma equipa presencial que trata estritamente de segurança alimentar, qualidade e regulamentação.


Fabricado em Milwaukee: Cargill Cocoa & Chocolate

Se você comprou os blocos de revestimento para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um produto da Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

Made in Milwaukee é uma nova série sobre as empresas que vendem para o mundo, mas que vivem em Milwaukee. Apresentado pela House of Harley-Davidson, o revendedor Harley de propriedade local de Milwaukee, estamos destacando essas empresas icônicas e ndash suas histórias e seus futuros.

Ano fundado: 2015
Número de empregados: 300
Localização: 12500 W. Carmen Ave.

Se você comprou os blocos de cobertura de chocolate para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um dos produtos produzidos na Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

E é muito provável que o produto tenha sido feito aqui mesmo em Milwaukee, junto com inúmeros outros chocolates e produtos de confeitaria e ndash, incluindo coberturas de chocolate, lascas de chocolate, coberturas de sorvete e inclusões e ndash usadas por uma variedade de marcas.

"Se você se lembra da linha de publicidade dos anos 80 ostentando & lsquoIntel & rsquo", observa Wyatt Elder Jr., diretor de pesquisa e desenvolvimento da Cargill Cocoa & amp Chocolate América do Norte "Isso descreve, em grande parte, o que produzimos. O nome Cargill pode não ser familiar, mas nossos produtos são encontrados dentro (ou fora) de muitos produtos no mercado hoje & mdashin mercearias, padarias e restaurantes. "

A Cargill Cocoa & amp Chocolate é apenas uma das muitas empresas da Cargill Inc., uma marca global com sede em Minneapolis, fundada em 1865 quando William Wallace (W. W.) Cargill se tornou proprietário de um depósito de grãos em Conover, Iowa. Hoje, a Cargill fornece produtos e serviços alimentares, agrícolas, financeiros e industriais, empregando 150.000 funcionários em 70 países.

Nos últimos 50 anos, a empresa Cargill & rsquos chocolate construiu seu negócio fabricando cacau e produtos de chocolate para fabricantes de chocolate, confeitaria e alimentos em todo o mundo & ndash produzindo cacau em pó, manteiga de cacau e licor de cacau, bem como chocolate, revestimentos e recheios para aplicações industriais .

Além de sua fábrica em Milwaukee & ndash, que efetivamente funciona como sede operacional da América do Norte & rsquos & ndash, a Cargill Cocoa & amp Chocolate mantém três fábricas na Pensilvânia e duas em Ontário, Canadá. Essas fábricas produzem produtos sob marcas como Ambrosia, Gerkens Cocoa Powder, Merckens, Peter & rsquos Chocolate e Wilbur. As fábricas internacionais incluem localizações na Bélgica, Brasil, Canadá, Costa do Marfim, França, Alemanha, Gana, Indonésia, Holanda e Reino Unido.

A fábrica de Milwaukee é uma parte relativamente nova dos negócios de chocolate da Cargill. Na verdade, foi estabelecido em 2015, quando a Cargill adquiriu as operações globais de chocolate da Archer Daniels Midland Co. - incluindo a fábrica de chocolate Ambrosia Chocolate Co. na Avenida Carmen - por US $ 440 milhões.

Não foi a primeira vez que a empresa de chocolate com sede em Milwaukee mudou de mãos. Fundada em 1894 por Otto Schoenleber, Ambrosia foi comprada em 1964 por W.R. Grace, e por anos Ambrosia operou em um local no centro que agora é um estacionamento a noroeste do Bradley Center. Na verdade, é provável que muitos milwaukeianos de longa data se lembrem de uma época em que o cheiro do doce chocolate Ambrosia soprava no centro da cidade durante as horas normais de produção. Em 1997, a ADM comprou a empresa, transferindo a produção de chocolate para a Avenida Carmen em 1992.

Entre as fábricas da Cargill & rsquos na América do Norte, o local de Milwaukee é a casa de trabalho, produzindo milhões de libras de chocolate por mês, de tanques de chocolate líquido a sacos de 10 onças de gotas de chocolate. A fábrica de Milwaukee não é apenas uma fábrica. It & rsquos também a sede operacional na América do Norte, lar da equipe de planejamento e cadeia de suprimentos da Cargill Cocoa & amp Chocolate & rsquos, equipe de pesquisa e desenvolvimento, transporte e logística, atendimento ao cliente e alguns funcionários de vendas regionais.

"Somos a única fábrica na América do Norte que pode produzir de tudo", observa Stacy Robinson, gerente de instalação da fábrica de Milwaukee. "E somos um burro de carga, com base tanto no grande volume que produzimos quanto na diversidade de produtos que podemos criar."

A fábrica de Milwaukee emprega 300 trabalhadores em uma variedade de funções na refinaria de cacau, moldagem e piso de embalagem, junto com os laboratórios de análises e testes microbiológicos no local e o laboratório de desenvolvimento de produtos. Também existe uma equipa presencial que trata estritamente de segurança alimentar, qualidade e regulamentação.


Fabricado em Milwaukee: Cargill Cocoa & Chocolate

Se você comprou os blocos de revestimento para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um produto da Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

Made in Milwaukee é uma nova série sobre as empresas que vendem para o mundo, mas que vivem em Milwaukee. Apresentado pela House of Harley-Davidson, o revendedor Harley de propriedade local de Milwaukee, estamos destacando essas empresas icônicas e ndash suas histórias e seus futuros.

Ano fundado: 2015
Número de empregados: 300
Localização: 12500 W. Carmen Ave.

Se você comprou os blocos de cobertura de chocolate para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um dos produtos produzidos na Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

E é muito provável que o produto tenha sido feito aqui mesmo em Milwaukee, junto com inúmeros outros chocolates e produtos de confeitaria e ndash, incluindo coberturas de chocolate, lascas de chocolate, coberturas de sorvete e inclusões e ndash usadas por uma variedade de marcas.

"Se você se lembra da linha de publicidade dos anos 80 ostentando & lsquoIntel & rsquo", observa Wyatt Elder Jr., diretor de pesquisa e desenvolvimento da Cargill Cocoa & amp Chocolate América do Norte "Isso descreve, em grande parte, o que produzimos. O nome Cargill pode não ser familiar, mas nossos produtos são encontrados dentro (ou fora) de muitos produtos no mercado hoje & mdashin mercearias, padarias e restaurantes. "

A Cargill Cocoa & amp Chocolate é apenas uma das muitas empresas da Cargill Inc., uma marca global com sede em Minneapolis, fundada em 1865 quando William Wallace (W. W.) Cargill se tornou proprietário de um depósito de grãos em Conover, Iowa. Hoje, a Cargill fornece produtos e serviços alimentares, agrícolas, financeiros e industriais, empregando 150.000 funcionários em 70 países.

Nos últimos 50 anos, a empresa Cargill & rsquos chocolate construiu seu negócio fabricando cacau e produtos de chocolate para fabricantes de chocolate, confeitaria e alimentos em todo o mundo & ndash produzindo cacau em pó, manteiga de cacau e licor de cacau, bem como chocolate, revestimentos e recheios para aplicações industriais .

Além de sua fábrica em Milwaukee & ndash, que efetivamente funciona como sede operacional da América do Norte & rsquos & ndash, a Cargill Cocoa & amp Chocolate mantém três fábricas na Pensilvânia e duas em Ontário, Canadá. Essas fábricas produzem produtos sob marcas como Ambrosia, Gerkens Cocoa Powder, Merckens, Peter & rsquos Chocolate e Wilbur. As fábricas internacionais incluem localizações na Bélgica, Brasil, Canadá, Costa do Marfim, França, Alemanha, Gana, Indonésia, Holanda e Reino Unido.

A fábrica de Milwaukee é uma parte relativamente nova dos negócios de chocolate da Cargill. Na verdade, foi estabelecido em 2015, quando a Cargill adquiriu as operações globais de chocolate da Archer Daniels Midland Co. - incluindo a fábrica de chocolate Ambrosia Chocolate Co. na Avenida Carmen - por US $ 440 milhões.

Não foi a primeira vez que a empresa de chocolate com sede em Milwaukee mudou de mãos. Fundada em 1894 por Otto Schoenleber, Ambrosia foi comprada em 1964 por W.R. Grace, e por anos Ambrosia operou em um local no centro que agora é um estacionamento a noroeste do Bradley Center. Na verdade, é provável que muitos milwaukeianos de longa data se lembrem de uma época em que o cheiro do doce chocolate Ambrosia soprava no centro da cidade durante as horas normais de produção. Em 1997, a ADM comprou a empresa, transferindo a produção de chocolate para a Avenida Carmen em 1992.

Entre as fábricas da Cargill & rsquos na América do Norte, o local de Milwaukee é a casa de trabalho, produzindo milhões de libras de chocolate por mês, de tanques de chocolate líquido a sacos de 10 onças de gotas de chocolate. A fábrica de Milwaukee não é apenas uma fábrica. It & rsquos também a sede operacional na América do Norte, lar da equipe de planejamento e cadeia de suprimentos da Cargill Cocoa & amp Chocolate & rsquos, equipe de pesquisa e desenvolvimento, transporte e logística, atendimento ao cliente e alguns funcionários de vendas regionais.

"Somos a única fábrica na América do Norte que pode produzir de tudo", observa Stacy Robinson, gerente de instalação da fábrica de Milwaukee. "E somos um burro de carga, com base tanto no grande volume que produzimos quanto na diversidade de produtos que podemos criar."

A fábrica de Milwaukee emprega 300 trabalhadores em uma variedade de funções na refinaria de cacau, moldagem e piso de embalagem, junto com os laboratórios de análises e testes microbiológicos no local e o laboratório de desenvolvimento de produtos. Também existe uma equipa presencial que trata estritamente de segurança alimentar, qualidade e regulamentação.


Fabricado em Milwaukee: Cargill Cocoa & Chocolate

Se você comprou os blocos de revestimento para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um produto da Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

Made in Milwaukee é uma nova série sobre as empresas que vendem para o mundo, mas que vivem em Milwaukee. Apresentado pela House of Harley-Davidson, o revendedor Harley de propriedade local de Milwaukee, estamos destacando essas empresas icônicas e ndash suas histórias e seus futuros.

Ano fundado: 2015
Número de empregados: 300
Localização: 12500 W. Carmen Ave.

Se você comprou os blocos de cobertura de chocolate para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um dos produtos produzidos na Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

E é muito provável que o produto tenha sido feito aqui mesmo em Milwaukee, junto com inúmeros outros chocolates e produtos de confeitaria e ndash, incluindo coberturas de chocolate, lascas de chocolate, coberturas de sorvete e inclusões e ndash usadas por uma variedade de marcas.

"Se você se lembra da linha de publicidade dos anos 80 ostentando & lsquoIntel & rsquo", observa Wyatt Elder Jr., diretor de pesquisa e desenvolvimento da Cargill Cocoa & amp Chocolate América do Norte "Isso descreve, em grande parte, o que produzimos. O nome Cargill pode não ser familiar, mas nossos produtos são encontrados dentro (ou fora) de muitos produtos no mercado hoje & mdashin mercearias, padarias e restaurantes. "

A Cargill Cocoa & amp Chocolate é apenas uma das muitas empresas da Cargill Inc., uma marca global com sede em Minneapolis, fundada em 1865 quando William Wallace (W. W.) Cargill se tornou proprietário de um depósito de grãos em Conover, Iowa. Hoje, a Cargill fornece produtos e serviços alimentares, agrícolas, financeiros e industriais, empregando 150.000 funcionários em 70 países.

Nos últimos 50 anos, a empresa Cargill & rsquos chocolate construiu seu negócio fabricando cacau e produtos de chocolate para fabricantes de chocolate, confeitaria e alimentos em todo o mundo & ndash produzindo cacau em pó, manteiga de cacau e licor de cacau, bem como chocolate, revestimentos e recheios para aplicações industriais .

Além de sua fábrica em Milwaukee & ndash, que efetivamente funciona como sede operacional da América do Norte & rsquos & ndash, a Cargill Cocoa & amp Chocolate mantém três fábricas na Pensilvânia e duas em Ontário, Canadá. Essas fábricas produzem produtos sob marcas como Ambrosia, Gerkens Cocoa Powder, Merckens, Peter & rsquos Chocolate e Wilbur. As fábricas internacionais incluem localizações na Bélgica, Brasil, Canadá, Costa do Marfim, França, Alemanha, Gana, Indonésia, Holanda e Reino Unido.

A fábrica de Milwaukee é uma parte relativamente nova dos negócios de chocolate da Cargill. Na verdade, foi estabelecido em 2015, quando a Cargill adquiriu as operações globais de chocolate da Archer Daniels Midland Co. - incluindo a fábrica de chocolate Ambrosia Chocolate Co. na Avenida Carmen - por US $ 440 milhões.

Não foi a primeira vez que a empresa de chocolate com sede em Milwaukee mudou de mãos. Fundada em 1894 por Otto Schoenleber, Ambrosia foi comprada em 1964 por W.R. Grace, e por anos Ambrosia operou em um local no centro que agora é um estacionamento a noroeste do Bradley Center. Na verdade, é provável que muitos milwaukeianos de longa data se lembrem de uma época em que o cheiro do doce chocolate Ambrosia soprava no centro da cidade durante as horas normais de produção. Em 1997, a ADM comprou a empresa, transferindo a produção de chocolate para a Avenida Carmen em 1992.

Entre as fábricas da Cargill & rsquos na América do Norte, o local de Milwaukee é a casa de trabalho, produzindo milhões de libras de chocolate por mês, de tanques de chocolate líquido a sacos de 10 onças de gotas de chocolate. A fábrica de Milwaukee não é apenas uma fábrica. It & rsquos também a sede operacional na América do Norte, lar da equipe de planejamento e cadeia de suprimentos da Cargill Cocoa & amp Chocolate & rsquos, equipe de pesquisa e desenvolvimento, transporte e logística, atendimento ao cliente e alguns funcionários de vendas regionais.

"Somos a única fábrica na América do Norte que pode produzir de tudo", observa Stacy Robinson, gerente de instalação da fábrica de Milwaukee. "E somos um burro de carga, com base tanto no grande volume que produzimos quanto na diversidade de produtos que podemos criar."

A fábrica de Milwaukee emprega 300 trabalhadores em uma variedade de funções na refinaria de cacau, moldagem e piso de embalagem, junto com os laboratórios de análises e testes microbiológicos no local e o laboratório de desenvolvimento de produtos. Também existe uma equipa presencial que trata estritamente de segurança alimentar, qualidade e regulamentação.


Fabricado em Milwaukee: Cargill Cocoa & Chocolate

Se você comprou os blocos de revestimento para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um produto da Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

Made in Milwaukee é uma nova série sobre as empresas que vendem para o mundo, mas que vivem em Milwaukee. Apresentado pela House of Harley-Davidson, o revendedor Harley de propriedade local de Milwaukee, estamos destacando essas empresas icônicas e ndash suas histórias e seus futuros.

Ano fundado: 2015
Número de empregados: 300
Localização: 12500 W. Carmen Ave.

Se você comprou os blocos de cobertura de chocolate para confeitaria em supermercados da região durante as férias, você experimentou pelo menos um dos produtos produzidos na Cargill Cocoa and Chocolate, um dos líderes do setor na produção industrial de cacau e chocolate.

E é muito provável que o produto tenha sido feito aqui mesmo em Milwaukee, junto com inúmeros outros chocolates e produtos de confeitaria e ndash, incluindo coberturas de chocolate, lascas de chocolate, coberturas de sorvete e inclusões e ndash usadas por uma variedade de marcas.

"Se você se lembra da linha de publicidade dos anos 80 ostentando & lsquoIntel & rsquo", observa Wyatt Elder Jr., diretor de pesquisa e desenvolvimento da Cargill Cocoa & amp Chocolate América do Norte "Isso descreve, em grande parte, o que produzimos. O nome Cargill pode não ser familiar, mas nossos produtos são encontrados dentro (ou fora) de muitos produtos no mercado hoje & mdashin mercearias, padarias e restaurantes. "

A Cargill Cocoa & amp Chocolate é apenas uma das muitas empresas da Cargill Inc., uma marca global com sede em Minneapolis, fundada em 1865 quando William Wallace (W. W.) Cargill se tornou proprietário de um depósito de grãos em Conover, Iowa. Hoje, a Cargill fornece produtos e serviços alimentares, agrícolas, financeiros e industriais, empregando 150.000 funcionários em 70 países.

Nos últimos 50 anos, a empresa Cargill & rsquos chocolate construiu seu negócio fabricando cacau e produtos de chocolate para fabricantes de chocolate, confeitaria e alimentos em todo o mundo & ndash produzindo cacau em pó, manteiga de cacau e licor de cacau, bem como chocolate, revestimentos e recheios para aplicações industriais .

Além de sua fábrica em Milwaukee & ndash, que efetivamente funciona como sede operacional da América do Norte & rsquos & ndash, a Cargill Cocoa & amp Chocolate mantém três fábricas na Pensilvânia e duas em Ontário, Canadá. Essas fábricas produzem produtos sob marcas como Ambrosia, Gerkens Cocoa Powder, Merckens, Peter & rsquos Chocolate e Wilbur. International plants include locations in Belgium, Brazil, Canada, Ivory Coast, France, Germany, Ghana, Indonesia, the Netherlands and the U.K.

The Milwaukee plant is a relatively new part of Cargill's chocolate business. In fact, it was established in 2015 when Cargill acquired the Archer Daniels Midland Co. global chocolate operations -- including the Ambrosia Chocolate Co. chocolate plant on Carmen Avenue -- for $440 million.

It wasn&rsquot the first time the Milwaukee-based chocolate company changed hands. Founded in 1894 by Otto Schoenleber, Ambrosia was purchased in 1964 by W.R. Grace, and for years Ambrosia operated on a downtown site that is now a parking lot just northwest of the Bradley Center. In fact, it&rsquos likely many long-time Milwaukeeans remember a time when the smell of sweet Ambrosia chocolate wafted across downtown during regular production hours. In 1997, ADM purchased the company, moving chocolate production to Carmen Avenue in 1992.

Among Cargill&rsquos North American plants, the Milwaukee location is the workhouse, producing millions of pounds of chocolate per month, from tankers of liquid chocolate to 10-ounce bags of chocolate chips. The Milwaukee plant is not only a manufacturing plant. It&rsquos also the North American operational headquarters, home to Cargill Cocoa & Chocolate&rsquos supply chain and planning team, research and development team, transportation and logistics, customer service and as some regional sales personnel.

"We are the one plant in North America that can produce everything," notes Stacy Robinson, facility manager at the Milwaukee plant. "And we are a workhorse, based on both the sheer volume we produce and the diversity of products we can create."

The Milwaukee plant employs 300 workers in a variety of roles in the cocoa refinery, molding and packaging floor, along with the onsite analytical and microbiological testing labs and product development lab. There is also an onsite team that deals strictly with food safety, quality and regulations.


Made in Milwaukee: Cargill Cocoa & Chocolate

If you've purchased the bulk blocks of confectionary coating at area grocery stores during the holidays, you've experienced at least one product from Cargill Cocoa and Chocolate, one of the industry leaders in industrial cocoa and chocolate production.

Made in Milwaukee is new series about the businesses that sell to the world but call Milwaukee home. Presented by House of Harley-Davidson, Milwaukee's locally owned Harley dealer, we're shining a spotlight on these iconic companies &ndash their histories and their futures.

Year founded: 2015
Number of employees: 300
Localização: 12500 W. Carmen Ave.

If you&rsquove purchased the bulk blocks of chocolate confectionery coating at area grocery stores during the holidays, you&rsquove experienced at least one of the products produced at Cargill Cocoa and Chocolate, one of the industry leaders in industrial cocoa and chocolate production.

And it&rsquos very likely that product was made right here in Milwaukee, along with countless other chocolate and confectionery products &ndash including chocolate coatings, chocolate chips, ice cream coatings, and inclusions &ndash used by a variety of brands.

"If you remember the line of advertising from the '80s boasting &lsquoIntel inside,&rsquo" notes Wyatt Elder Jr., research and development director for Cargill Cocoa & Chocolate North America "That describes, to great extent, what we produce. The name Cargill may not be familiar, but our products are found inside (or outside) many products on the market today&mdashin grocery stores, bakeries and restaurants."

Cargill Cocoa & Chocolate is just one of many businesses within Cargill Inc., a global brand based in Minneapolis, that was founded in 1865 when William Wallace (W. W.) Cargill became the proprietor of a grain warehouse in Conover, Iowa. Today, Cargill supplies food, agriculture, financial and industrial products and services, employing 150,000 employees in 70 countries.

For the past 50 years, Cargill&rsquos chocolate enterprise has built its business manufacturing cocoa and chocolate products for chocolate, confectionery and food manufacturers across the globe &ndash producing cocoa powder, cocoa butter and cocoa liquor, as well as chocolate, coatings and fillings for industrial applications.

In addition to its Milwaukee plant &ndash which effectively functions as North America&rsquos operational headquarters &ndash Cargill Cocoa & Chocolate maintains three plants in Pennsylvania and two in Ontario, Canada. Those plants produce products under brands including Ambrosia, Gerkens Cocoa Powder, Merckens, Peter&rsquos Chocolate and Wilbur. International plants include locations in Belgium, Brazil, Canada, Ivory Coast, France, Germany, Ghana, Indonesia, the Netherlands and the U.K.

The Milwaukee plant is a relatively new part of Cargill's chocolate business. In fact, it was established in 2015 when Cargill acquired the Archer Daniels Midland Co. global chocolate operations -- including the Ambrosia Chocolate Co. chocolate plant on Carmen Avenue -- for $440 million.

It wasn&rsquot the first time the Milwaukee-based chocolate company changed hands. Founded in 1894 by Otto Schoenleber, Ambrosia was purchased in 1964 by W.R. Grace, and for years Ambrosia operated on a downtown site that is now a parking lot just northwest of the Bradley Center. In fact, it&rsquos likely many long-time Milwaukeeans remember a time when the smell of sweet Ambrosia chocolate wafted across downtown during regular production hours. In 1997, ADM purchased the company, moving chocolate production to Carmen Avenue in 1992.

Among Cargill&rsquos North American plants, the Milwaukee location is the workhouse, producing millions of pounds of chocolate per month, from tankers of liquid chocolate to 10-ounce bags of chocolate chips. The Milwaukee plant is not only a manufacturing plant. It&rsquos also the North American operational headquarters, home to Cargill Cocoa & Chocolate&rsquos supply chain and planning team, research and development team, transportation and logistics, customer service and as some regional sales personnel.

"We are the one plant in North America that can produce everything," notes Stacy Robinson, facility manager at the Milwaukee plant. "And we are a workhorse, based on both the sheer volume we produce and the diversity of products we can create."

The Milwaukee plant employs 300 workers in a variety of roles in the cocoa refinery, molding and packaging floor, along with the onsite analytical and microbiological testing labs and product development lab. There is also an onsite team that deals strictly with food safety, quality and regulations.


Made in Milwaukee: Cargill Cocoa & Chocolate

If you've purchased the bulk blocks of confectionary coating at area grocery stores during the holidays, you've experienced at least one product from Cargill Cocoa and Chocolate, one of the industry leaders in industrial cocoa and chocolate production.

Made in Milwaukee is new series about the businesses that sell to the world but call Milwaukee home. Presented by House of Harley-Davidson, Milwaukee's locally owned Harley dealer, we're shining a spotlight on these iconic companies &ndash their histories and their futures.

Year founded: 2015
Number of employees: 300
Localização: 12500 W. Carmen Ave.

If you&rsquove purchased the bulk blocks of chocolate confectionery coating at area grocery stores during the holidays, you&rsquove experienced at least one of the products produced at Cargill Cocoa and Chocolate, one of the industry leaders in industrial cocoa and chocolate production.

And it&rsquos very likely that product was made right here in Milwaukee, along with countless other chocolate and confectionery products &ndash including chocolate coatings, chocolate chips, ice cream coatings, and inclusions &ndash used by a variety of brands.

"If you remember the line of advertising from the '80s boasting &lsquoIntel inside,&rsquo" notes Wyatt Elder Jr., research and development director for Cargill Cocoa & Chocolate North America "That describes, to great extent, what we produce. The name Cargill may not be familiar, but our products are found inside (or outside) many products on the market today&mdashin grocery stores, bakeries and restaurants."

Cargill Cocoa & Chocolate is just one of many businesses within Cargill Inc., a global brand based in Minneapolis, that was founded in 1865 when William Wallace (W. W.) Cargill became the proprietor of a grain warehouse in Conover, Iowa. Today, Cargill supplies food, agriculture, financial and industrial products and services, employing 150,000 employees in 70 countries.

For the past 50 years, Cargill&rsquos chocolate enterprise has built its business manufacturing cocoa and chocolate products for chocolate, confectionery and food manufacturers across the globe &ndash producing cocoa powder, cocoa butter and cocoa liquor, as well as chocolate, coatings and fillings for industrial applications.

In addition to its Milwaukee plant &ndash which effectively functions as North America&rsquos operational headquarters &ndash Cargill Cocoa & Chocolate maintains three plants in Pennsylvania and two in Ontario, Canada. Those plants produce products under brands including Ambrosia, Gerkens Cocoa Powder, Merckens, Peter&rsquos Chocolate and Wilbur. International plants include locations in Belgium, Brazil, Canada, Ivory Coast, France, Germany, Ghana, Indonesia, the Netherlands and the U.K.

The Milwaukee plant is a relatively new part of Cargill's chocolate business. In fact, it was established in 2015 when Cargill acquired the Archer Daniels Midland Co. global chocolate operations -- including the Ambrosia Chocolate Co. chocolate plant on Carmen Avenue -- for $440 million.

It wasn&rsquot the first time the Milwaukee-based chocolate company changed hands. Founded in 1894 by Otto Schoenleber, Ambrosia was purchased in 1964 by W.R. Grace, and for years Ambrosia operated on a downtown site that is now a parking lot just northwest of the Bradley Center. In fact, it&rsquos likely many long-time Milwaukeeans remember a time when the smell of sweet Ambrosia chocolate wafted across downtown during regular production hours. In 1997, ADM purchased the company, moving chocolate production to Carmen Avenue in 1992.

Among Cargill&rsquos North American plants, the Milwaukee location is the workhouse, producing millions of pounds of chocolate per month, from tankers of liquid chocolate to 10-ounce bags of chocolate chips. The Milwaukee plant is not only a manufacturing plant. It&rsquos also the North American operational headquarters, home to Cargill Cocoa & Chocolate&rsquos supply chain and planning team, research and development team, transportation and logistics, customer service and as some regional sales personnel.

"We are the one plant in North America that can produce everything," notes Stacy Robinson, facility manager at the Milwaukee plant. "And we are a workhorse, based on both the sheer volume we produce and the diversity of products we can create."

The Milwaukee plant employs 300 workers in a variety of roles in the cocoa refinery, molding and packaging floor, along with the onsite analytical and microbiological testing labs and product development lab. There is also an onsite team that deals strictly with food safety, quality and regulations.


Made in Milwaukee: Cargill Cocoa & Chocolate

If you've purchased the bulk blocks of confectionary coating at area grocery stores during the holidays, you've experienced at least one product from Cargill Cocoa and Chocolate, one of the industry leaders in industrial cocoa and chocolate production.

Made in Milwaukee is new series about the businesses that sell to the world but call Milwaukee home. Presented by House of Harley-Davidson, Milwaukee's locally owned Harley dealer, we're shining a spotlight on these iconic companies &ndash their histories and their futures.

Year founded: 2015
Number of employees: 300
Localização: 12500 W. Carmen Ave.

If you&rsquove purchased the bulk blocks of chocolate confectionery coating at area grocery stores during the holidays, you&rsquove experienced at least one of the products produced at Cargill Cocoa and Chocolate, one of the industry leaders in industrial cocoa and chocolate production.

And it&rsquos very likely that product was made right here in Milwaukee, along with countless other chocolate and confectionery products &ndash including chocolate coatings, chocolate chips, ice cream coatings, and inclusions &ndash used by a variety of brands.

"If you remember the line of advertising from the '80s boasting &lsquoIntel inside,&rsquo" notes Wyatt Elder Jr., research and development director for Cargill Cocoa & Chocolate North America "That describes, to great extent, what we produce. The name Cargill may not be familiar, but our products are found inside (or outside) many products on the market today&mdashin grocery stores, bakeries and restaurants."

Cargill Cocoa & Chocolate is just one of many businesses within Cargill Inc., a global brand based in Minneapolis, that was founded in 1865 when William Wallace (W. W.) Cargill became the proprietor of a grain warehouse in Conover, Iowa. Today, Cargill supplies food, agriculture, financial and industrial products and services, employing 150,000 employees in 70 countries.

For the past 50 years, Cargill&rsquos chocolate enterprise has built its business manufacturing cocoa and chocolate products for chocolate, confectionery and food manufacturers across the globe &ndash producing cocoa powder, cocoa butter and cocoa liquor, as well as chocolate, coatings and fillings for industrial applications.

In addition to its Milwaukee plant &ndash which effectively functions as North America&rsquos operational headquarters &ndash Cargill Cocoa & Chocolate maintains three plants in Pennsylvania and two in Ontario, Canada. Those plants produce products under brands including Ambrosia, Gerkens Cocoa Powder, Merckens, Peter&rsquos Chocolate and Wilbur. International plants include locations in Belgium, Brazil, Canada, Ivory Coast, France, Germany, Ghana, Indonesia, the Netherlands and the U.K.

The Milwaukee plant is a relatively new part of Cargill's chocolate business. In fact, it was established in 2015 when Cargill acquired the Archer Daniels Midland Co. global chocolate operations -- including the Ambrosia Chocolate Co. chocolate plant on Carmen Avenue -- for $440 million.

It wasn&rsquot the first time the Milwaukee-based chocolate company changed hands. Founded in 1894 by Otto Schoenleber, Ambrosia was purchased in 1964 by W.R. Grace, and for years Ambrosia operated on a downtown site that is now a parking lot just northwest of the Bradley Center. In fact, it&rsquos likely many long-time Milwaukeeans remember a time when the smell of sweet Ambrosia chocolate wafted across downtown during regular production hours. In 1997, ADM purchased the company, moving chocolate production to Carmen Avenue in 1992.

Among Cargill&rsquos North American plants, the Milwaukee location is the workhouse, producing millions of pounds of chocolate per month, from tankers of liquid chocolate to 10-ounce bags of chocolate chips. The Milwaukee plant is not only a manufacturing plant. It&rsquos also the North American operational headquarters, home to Cargill Cocoa & Chocolate&rsquos supply chain and planning team, research and development team, transportation and logistics, customer service and as some regional sales personnel.

"We are the one plant in North America that can produce everything," notes Stacy Robinson, facility manager at the Milwaukee plant. "And we are a workhorse, based on both the sheer volume we produce and the diversity of products we can create."

The Milwaukee plant employs 300 workers in a variety of roles in the cocoa refinery, molding and packaging floor, along with the onsite analytical and microbiological testing labs and product development lab. There is also an onsite team that deals strictly with food safety, quality and regulations.


Made in Milwaukee: Cargill Cocoa & Chocolate

If you've purchased the bulk blocks of confectionary coating at area grocery stores during the holidays, you've experienced at least one product from Cargill Cocoa and Chocolate, one of the industry leaders in industrial cocoa and chocolate production.

Made in Milwaukee is new series about the businesses that sell to the world but call Milwaukee home. Presented by House of Harley-Davidson, Milwaukee's locally owned Harley dealer, we're shining a spotlight on these iconic companies &ndash their histories and their futures.

Year founded: 2015
Number of employees: 300
Localização: 12500 W. Carmen Ave.

If you&rsquove purchased the bulk blocks of chocolate confectionery coating at area grocery stores during the holidays, you&rsquove experienced at least one of the products produced at Cargill Cocoa and Chocolate, one of the industry leaders in industrial cocoa and chocolate production.

And it&rsquos very likely that product was made right here in Milwaukee, along with countless other chocolate and confectionery products &ndash including chocolate coatings, chocolate chips, ice cream coatings, and inclusions &ndash used by a variety of brands.

"If you remember the line of advertising from the '80s boasting &lsquoIntel inside,&rsquo" notes Wyatt Elder Jr., research and development director for Cargill Cocoa & Chocolate North America "That describes, to great extent, what we produce. The name Cargill may not be familiar, but our products are found inside (or outside) many products on the market today&mdashin grocery stores, bakeries and restaurants."

Cargill Cocoa & Chocolate is just one of many businesses within Cargill Inc., a global brand based in Minneapolis, that was founded in 1865 when William Wallace (W. W.) Cargill became the proprietor of a grain warehouse in Conover, Iowa. Today, Cargill supplies food, agriculture, financial and industrial products and services, employing 150,000 employees in 70 countries.

For the past 50 years, Cargill&rsquos chocolate enterprise has built its business manufacturing cocoa and chocolate products for chocolate, confectionery and food manufacturers across the globe &ndash producing cocoa powder, cocoa butter and cocoa liquor, as well as chocolate, coatings and fillings for industrial applications.

In addition to its Milwaukee plant &ndash which effectively functions as North America&rsquos operational headquarters &ndash Cargill Cocoa & Chocolate maintains three plants in Pennsylvania and two in Ontario, Canada. Those plants produce products under brands including Ambrosia, Gerkens Cocoa Powder, Merckens, Peter&rsquos Chocolate and Wilbur. International plants include locations in Belgium, Brazil, Canada, Ivory Coast, France, Germany, Ghana, Indonesia, the Netherlands and the U.K.

The Milwaukee plant is a relatively new part of Cargill's chocolate business. In fact, it was established in 2015 when Cargill acquired the Archer Daniels Midland Co. global chocolate operations -- including the Ambrosia Chocolate Co. chocolate plant on Carmen Avenue -- for $440 million.

It wasn&rsquot the first time the Milwaukee-based chocolate company changed hands. Founded in 1894 by Otto Schoenleber, Ambrosia was purchased in 1964 by W.R. Grace, and for years Ambrosia operated on a downtown site that is now a parking lot just northwest of the Bradley Center. In fact, it&rsquos likely many long-time Milwaukeeans remember a time when the smell of sweet Ambrosia chocolate wafted across downtown during regular production hours. In 1997, ADM purchased the company, moving chocolate production to Carmen Avenue in 1992.

Among Cargill&rsquos North American plants, the Milwaukee location is the workhouse, producing millions of pounds of chocolate per month, from tankers of liquid chocolate to 10-ounce bags of chocolate chips. The Milwaukee plant is not only a manufacturing plant. It&rsquos also the North American operational headquarters, home to Cargill Cocoa & Chocolate&rsquos supply chain and planning team, research and development team, transportation and logistics, customer service and as some regional sales personnel.

"We are the one plant in North America that can produce everything," notes Stacy Robinson, facility manager at the Milwaukee plant. "And we are a workhorse, based on both the sheer volume we produce and the diversity of products we can create."

The Milwaukee plant employs 300 workers in a variety of roles in the cocoa refinery, molding and packaging floor, along with the onsite analytical and microbiological testing labs and product development lab. There is also an onsite team that deals strictly with food safety, quality and regulations.


Assista o vídeo: Café da manhã no McDonald - Serjão jp (Janeiro 2022).